Conferência de imprensa de quarta-feira da Conferência Mundial sobre Câncer de Pulmão: Aplicando as descobertas e os temas da conferência no mundo real

TORONTO, Sept. 27, 2018 (GLOBE NEWSWIRE) -- A última coletiva de imprensa da 19ª Conferência Mundial sobre Câncer de Pulmão (WCLC) da Associação Internacional para o Estudo do Câncer de Pulmão (IASLC) foi conduzida pelos Copresidentes da conferência Natasha B. Leighl, M.D., BSc, MSc, e Gail Darling M.D., FRCSC, que analisaram o inovador trabalho na pesquisa e no tratamento do câncer de pulmão apresentado ao longo da conferência. “O futuro é brilhante, e eu acho que vimos isso nesta conferência”, disse o Dr. Darling.

Paul A. Bunn Jr., M.D., ilustre professor da Divisão de Oncologia Médica da Universidade do Colorado, forneceu uma visão de médico experiente sobre o impacto dos resumos de mudança de prática deste ano. Enfatizando que o câncer de pulmão é a principal causa de mortes por câncer no mundo em homens e mulheres, o Dr. Bunn disse que a melhor coisa a fazer é evitá-lo e detectá-lo cedo. Ao comentar sobre o impacto da extraordinária melhoria nas taxas de mortalidade por câncer de pulmão observadas no teste NELSON em exames de TC aleatorizados, o Dr. Bunn declarou: “mais ainda do que uma colonoscopia ou uma mamografia, as mulheres de todo o mundo com risco de desenvolver câncer de pulmão devem se submeter a um exame de TC anual”.

Jill Feldman, sobrevivente de câncer de pulmão e ativista, perdeu pai e mãe, uma tia e um avô para o câncer de pulmão e compartilhou seu ímpeto por defender um incremento da pesquisa e do tratamento dessa devastadora doença. “Quando eu vejo esses resumos sobre mudança das práticas, eu sei que são fascinantes para médicos, mas para os pacientes eles mudam sua vida”, contou Feldman. “Devemos continuar avançando, de modo que as outras pessoas tenham a chance de ver seus filhos crescendo”.

Anna Farago, M.D., Ph.D., oncologista médica no Mass General Hospital, ofereceu uma perspectiva de uma jovem médica sobre os resumos de mudança de prática. Ao discutir o impacto do teste PACIFIC, a Dra. Farago afirmou que “com base nos dados de sobrevida que obtivemos a partir desse teste apresentados na WCLC, acho que o durvalumab agora está estabelecido como padrão de tratamento para câncer de pulmão de células não pequenas irressecáveis de estágio III após quimioterapia e radiação”.

Ao comentar sobre o teste IMpower133, a Dra. Farago concluiu: “o padrão de tratamento/a primeira terapia para câncer de células pequenas não mudou durante 30 anos”. Esse é o primeiro teste a demonstrar um benefício de sobrevida clinicamente significativo”.

Estudo analisa o uso de radioterapia torácica para SCLC de estágio limitado
Um estudo recente conduzido por Xiao Hu, M.D., Ph.D. do Departamento de Radioterapia Torácica do Zhejiang Cancer Hospital, demonstrou que usar radioterapia de campo envolvido (IFRT, em inglês) e irradiar o volume do tumor primário residual pós-quimioterapia para câncer de pulmão de células pequenas de estágio limitado (SCLC) não resultam em recorrência ampliada de câncer.

Embora quimioterapia e radioterapia (TRT, em inglês) combinadas sejam o padrão de tratamento para a maioria dos pacientes com SCLC, os volumes de SCLC de estágio limitado a que a TRT se destina têm sido controversos. Até o momento, esse é o único estudo aleatorizado prospectivo sobre esses problemas que avaliam a TRT para SCLC de estágio limitado.

“Considerando a alta malignidade e a metástase fácil de SCLC, a quimioterapia continua sendo o alicerce do tratamento abrangente”, disse o Dr. Hu. “Para pacientes que possuem dificuldade com quimioterapia intravenosa de dose completa, poderia ser administrado em segurança por redução de dose ou usando quimioterapia de agente único ou quimioterapia oral, juntamente com radioterapia”.

Leia o comunicado de imprensa na íntegra aqui.

A Dra. Leighl encerrou a coletiva de imprensa com uma prévia da plenária de encerramento de hoje: “o objetivo desta plenária é nos ajudar a atingir grande progresso nesta reunião – levar para casa, agir sobre o que discutimos e realmente colocar em prática”.

Transmissões ao vivo das conferências de imprensa diárias estão disponíveis aqui.

Sobre a WCLC
A Conferência Mundial sobre Câncer de Pulmão (WCLC) é o maior encontro do mundo dedicado exclusivamente ao câncer de pulmão e outras malignidades torácicas, atraindo mais de 7.000 pesquisadores, médicos e especialistas de mais de 100 países. A conferência irá abranger uma ampla gama de disciplinas e revelar estudos de pesquisas e resultados de testes clínicos. Para obter mais informações, visite http://wclc2018.iaslc.org/. Siga a conferência nas mídias sociais com: #WCLC2018.

Sobre a IASLC
A Associação Internacional para Estudo do Câncer de Pulmão (IASLC) é a única organização global dedicada unicamente ao estudo do câncer de pulmão e outras malignidades torácicas. Fundada em 1974, a associação possui mais de 7.500 especialistas em câncer de pulmão em todas as disciplinas, em mais de 100 países, formando uma rede global que trabalha em conjunto para vencer os cânceres de pulmão e torácico em todo o mundo. A associação também publica o Journal of Thoracic Oncology, a principal publicação educacional e informativa para assuntos relacionados à prevenção, detecção, ao diagnóstico e tratamento de todas as malignidades torácicas. Visite www.iaslc.org para obter mais informações. Você também pode seguir a IASLC no Twitter, Facebook, LinkedIn e Instagram.

Contatos:
 
Lisa Rivero
Vice-Presidente

lrivero@jpa.com | +1 617-657-1305
Becky Bunn, MSc
Gerente de Relações Públicas

Becky.Bunn@IASLC.org | +1 720-254-9509
 

Ads